Apendicite
Apendicite

Apendicite aguda, flemônica: o que é?

1 de apendicite supurada

apendicite phlegmonous é chamado de patologia cirúrgica aguda, em que uma inflamação purulenta do apêndice do ceco. O último é um órgão vestigial. Ele não desempenha nenhum papel no processo de digestão. A apendicite ocorre em 4 etapas. Inicialmente, desenvolve-se inflamação catarral e, em seguida, inflamação flemônica.

Você tem gastrite?

Galina Savina "Como simples cura gastrite em casa por 1 mês A forma comprovada -. Anote a receita. ..!"Leia adiante & gt; & gt;

Toda a espessura do apêndice está envolvida no processo. No lúmen, o pus é formado. Esta patologia se desenvolve em 6-24 horas a partir do momento das primeiras queixas. Se os cuidados adequados inflamação phlegmonous torna-se gangrenosa, arriscando perfuração da parede do intestino. A prevalência de apendicite aguda é muito alta.

A incidência é de cerca de 4-5 casos por 1000. Mais de 50% de todas as chamadas de emergência associados a esta doença intestinal. A forma mais frequente de fêmur de apendicite é diagnosticada em jovens com menos de 33 anos. Adolescentes freqüentemente doentes. Nas mulheres, a inflamação do apêndice é observada 2 vezes mais freqüentemente. Muitas vezes, esta doença afeta mulheres grávidas. Quanto maior a pessoa, menor é o risco de apendicite.

2 Fatores etiológicos importantes

As causas exatas da doença não são estabelecidas. Os possíveis fatores etiológicos são: oclusão

  • do processo com pedras calculadas;Desordem de fezes
  • ;Incorrecções na dieta;
  • proliferação de tecido linfóide;
  • doenças parasitárias;Trombose
  • ;Reações alérgicas
  • ;
  • malformações congênitas;
  • focos de infecção;
  • predisposição hereditária;Aterosclerose
  • .Recomendamos que você visite conseqüências

Figura 1

  • de apêndice apoplexia
  • Tratamento de funções apêndice peritonite
  • e anatomia
  • remédio eficaz para gastrite e úlcera de estômago

Mulheres causa de abscesso apendicite aguda pode se tornar um doenças ginecológicas( salpingo).Uma pessoa saudável no apêndice vermiforme forma muco. Ele flui para baixo no lúmen do intestino. Quando o processo é bloqueado, esse processo está quebrado. O acúmulo de muco leva a uma extensão do apêndice e sua inflamação.

Oclusão é possível com tumor, helmintipatias e presença de pedras fezes. Estes últimos são formados com desnutrição, quando o alimento é mantido por um longo tempo no intestino. O risco de abscesso apendicite aguda é aumentada pela falta na dieta alimentos vegetais( legumes, frutas, bagas).Tudo isso causa constipação e formação de pedras.

Muitos pacientes em vermes( traça, lombriga) detectada a operação no lúmen do apêndice. Isso indica o papel dos parasitas no desenvolvimento da inflamação. A supuração com apendicite flemônica é causada por infecção.factores favoráveis ​​para bactérias são lesão, aderências, cirurgia do intestino, bócio, colite, colecistite.

  • IMPORTANTE! Gastrite? Uma úlcera? Para uma úlcera de estômago não é passado para o câncer, beber um copo de. ..
    Leia o artigo & gt; & gt;

Figura 2

Na maioria das vezes, os micróbios entram no apêndice através do sangue e da linfa. Contra o fundo da inflamação, há um espessamento dos rebentos. Eles são cobertos com uma camada de fibrina. Formação de efusão. Pus se acumula na cavidade do apêndice. Ele é verde e é composta de células mortas( bactérias, linfócitos, macrófagos) e de vida.Às vezes, as úlceras são formadas. Em alguns casos, o empiema ocorre. O risco de apendicite aumenta com alcoolismo, estresse e hipodinâmica.

3 Manifestações da forma aguda da doença

Com inflamação flemônica do apêndice, observam-se os seguintes sintomas: dor

  • ;
  • náusea;
  • falta de apetite;Febre
  • ;Transtorno de fezes
  • por tipo de constipação;
  • tensão dos músculos abdominais.

Figura 3

As primeiras queixas aparecem no início da manhã ou à noite. O principal sintoma é a dor. Possui as seguintes características distintivas:

  • é sentida no abdômen no lado direito;
  • constante;
  • é forte;
  • pode ser pulsante;
  • é derramado sobre todo o abdômen;
  • é propenso a amplificação;
  • é combinado com náuseas;
  • intensifica durante a tosse, corrida e salto.
  • gastroenterologista importante: "Peço-lhe, se você começou a incomodar dor abdominal, azia, náuseas, gás não é de forma alguma não fazem. .."
    Leia mais & gt; & gt;

Este sintoma é causado por inflamação dos tecidos do apêndice e irritação das terminações nervosas. Nas primeiras horas a dor é derramada. O paciente não pode determinar com precisão sua localização. Depois de algumas horas, ele se move para a direita. As queixas aumentam quando uma pessoa se deita no lado direito. No início, a dor é aguda e cólicas, então ela se torna contundente ou queima.

Muitas vezes, uma pessoa assume uma posição forçada do corpo. Ele se deita no lado direito e tira os joelhos para o estômago. Se a necrose dos tecidos ocorrer, a dor diminui temporariamente. Após um avanço de pus, ele reaparece. O motivo é a irritação do peritoneu. A localização da dor varia. Depende da localização do apêndice. Se estiver incorretamente, a dor pode ocorrer na zona suprapúbica ou no hipocôndrio. Isso dificulta o diagnóstico.

Figura 4

Quase todos os pacientes com inflamação flemônica do apêndice apresentam náusea. Cada segundo paciente tem constipação. A diarréia é menos comum. Os vômitos com inflamação flemônica são raros. A temperatura corporal aumenta para +38. .. + 38,5ºC.Às vezes, permanece dentro da norma. A causa da febre é a intoxicação do corpo. Um sinal freqüente de apendicite em crianças e adultos é a ternura do abdome durante a palpação. Em mulheres grávidas, a doença prossegue de forma apagada.

CONSULTA DO PRINCIPAL GASTROENTERÓLOGO

Korotov SV: "Posso recomendar apenas um remédio para o tratamento rápido da Úlcera e Gastrite, que é agora recomendado pelo Ministério da Saúde. .." Leia depoimentos & gt; & gt;

4 Possíveis complicações

A inflamação flemônica do apêndice em caso de tratamento incorreto ou tratamento tardio ao médico pode levar a sérias conseqüências. São possíveis as seguintes complicações: formação

  • de um infiltrado apendicular;
  • portal portal lesion;Peritonite
  • ;
  • formação de abscesso na cavidade abdominal.

Figura 5

O perigo para a vida humana é uma condição como a peritonite. Quando está inflamada, a parede do peritoneu. Isso é repleto de desenvolvimento de sepsis e a morte de uma pessoa. O motivo do desenvolvimento da peritonite é a penetração de pus na cavidade abdominal. Uma complicação rara é a pylephlebitis. Esta é uma inflamação do portal portal.Às vezes, a apendicite torna-se a causa da trombose.

O tratamento intempestivo pode levar a uma fusão do processo com loops intestinais e omento. Assim, um infiltrado apendicular é formado. Sua presença dificulta a operação. A infiltração por derretimento leva à formação de um abscesso. Esta é uma cavidade com pus. Os abcessos estão sujeitos a autópsia obrigatória.

5 Plano de inquérito ao paciente para

Quando suspeita de apendicite flemônica aguda, são realizados os seguintes testes: palpação

  • do abdômen;Ultra-som
  • da cavidade abdominal;
  • análises clínicas gerais;
  • definição de sintomas específicos;Exame fluoroscópico
  • ;Tomografia computadorizada
  • ;Laparoscopia
  • .

RECOMENDAMOS!

Para prevenção e tratamento de Doenças Digestivas , nossos leitores recomendam o chá monástico. Este remédio exclusivo consiste em 9 ervas medicinais úteis para a digestão, que não só complementam, mas também fortalecem as ações uns dos outros. O chá monástico não só eliminará todos os sintomas do trato gastrointestinal e sistema digestivo, mas também eliminará permanentemente a causa da sua ocorrência.

Opinião dos médicos. .. "

Figura 6

As seguintes alterações são reveladas no exame:

  • sensibilidade abdominal;
  • é um sintoma positivo de irritação do peritoneu;Alívio da dor
  • no lado esquerdo;
  • atraso na língua;
  • palidez da pele;
  • achatamento do abdômen;
  • tensão dos músculos abdominais.

No decurso de estudos laboratoriais, a leucocitose é detectada. Medidas terapêuticas e diagnósticas incluem laparoscopia. Se houver suspeita de complicações, é realizada uma tomografia computadorizada. Excluir outras doenças infecciosas e inflamatórias permite o ultra-som. O diagnóstico diferencial é realizado com colecistite aguda, pancreatite, úlcera perfurada de estômago e duodeno, cólica renal, adnexite, gravidez ectópica e ruptura do ovário.É necessário excluir a urolitíase.

6 Métodos de tratamento

Em caso de síndrome de dor severa, é melhor não tomar analgésicos antes de visitar um médico. Você pode usar antiespasmódicos. Quando a inflamação purulenta do apêndice não se aplica aquecedores e compressas quentes. Se a dor dura mais de 6 horas, então você precisa chamar uma ambulância. O principal método de tratamento da forma fêmulosa de apendicite é a cirurgia.

Figura 7

É conduzido sob anestesia geral. A anestesia subdural é amplamente utilizada. A incisão é feita na região ilíaca à direita. O processo é removido com um bisturi. Ligadura é obrigatória. Se necessário, um antibiótico é administrado.Às vezes, instale um dreno. Esta é uma operação aberta. Atualmente, a laparoscopia é amplamente utilizada.

Sua vantagem é que não exige um corte grande. Uma punção é feita no abdômen. Através dele, é instalado um tubo com uma câmera. O médico na tela vê todas as manipulações sendo realizadas. Esta é uma operação suave. Após ela, a pessoa é alta após 2-3 dias. A laparoscopia permite não só remover o apêndice, mas também avaliar a condição de outros órgãos da cavidade abdominal.

Após o tratamento, é conduzido um curso de antibioticoterapia. Isso é feito com uma finalidade preventiva para prevenir complicações pós-operatórias. Se a anestesia espinhal foi utilizada, depois de uma intervenção cirúrgica, você precisa beber mais. Esta é uma simples profilaxia da trombose. Os pacientes precisam aderir a uma nutrição adequada.

A dieta destina-se a prevenir constipação e inchaço. O prognóstico com a forma fagulosa de apendicite é favorável. Os casos letais são raros. As complicações se desenvolvem em 5-9% dos pacientes. O mais comum é a peritonite. O risco de recorrência após a cirurgia está ausente, já que o processo é completamente removido.

O tratamento conservador é ineficaz. O uso de remédios populares pode causar complicações. Assim, a forma fagulosa de apendicite é diagnosticada com muita frequência. Para prevenir a doença, você precisa normalizar as fezes, tratar doenças parasitárias e outras doenças infecciosas, excluir o álcool e liderar um estilo de vida móvel.

Conteúdo de
  • 1 Desenvolvimento de apendicite purulenta
  • 2 Fatores etiológicos importantes
  • 3 Doença aguda
  • 4 Possíveis complicações
  • 5 Plano de levantamento de pacientes
  • 6 Métodos de tratamento

O grupo de doenças agudas da cavidade abdominal inclui a apendicite fleemônica. Esta patologia, na qual o apêndice vermiforme está inflamado. Esta condição requer intervenção cirúrgica. O tratamento conservador é ineficaz.

  • Compartilhar
Apendicite

Explosões de apendicite: consequências da ruptura do apêndice

1 apendicite e o risco de se quebrar processo apendicite chamado inflamação do ceco, apêndice( Fig. 1).Esta é a complicação mais freq...

Apendicite

Apendicite aguda catarral: o que é?

1 Causas de apendicite catarral Não é conhecido por certas razões pelas quais o processo inflamatório nas mucosas do apêndice se dese...

Apendicite

A apendicite pode estar doente por vários dias( uma semana)?

1 Causas e sintomas de Disputas patologia sobre a etiologia desta doença continua até hoje. Os cientistas ainda não podem chegar a um...